Robert Pattinson foi melhor como Cedrico do que Edward

sábado, 16 de julho de 2011

O famoso e premiado site Hollywood.com fez um comparação entre a atuação e enredo das histórias de Cedrico Diggory e Edward Cullen, ambos vividos por Robert Pattinson. Segundo eles, Robert se saiu muito melhor como Cedrico Diggory do que Edward Cullen. Abaixo você confere o texto traduzido.

Agora que a nossa era está chegando ao fim, nós fãs de Harry Potter estamos refletindo sobre os últimos sete filmes, enquanto nos preparamos para dizer adeus. Para mim, há um ponto bastante significativo que se destaca em minha mente: o dia em que fomos introduzidos a Robert Pattinson como Cedrico Diggory. Os fãs de Twilight vão me odiar um pouco pelas próximas 800 ou mais palavras, e por isso eu lamento. É verdade, Pattinson foi simplesmente um melhor Cedric Diggory do que ele é como Edward Cullen. Isso é apenas um fato com que você vai ter que fazer as pazes – pelo menos nesta semana, porque para os fãs de Potter, esse é o nosso último torneio e vocês terão que nos deixar ganhar essa rodada. Poderíamos ter lembrado Pattinson para sempre como Cedric –  nosso amado Cedric , que descanse em paz – mas agora, essas memórias foram obscurecidas com imagens de um vampiro pálido em uma jaqueta de couro.
Desde que eu sei que os do outro lado da cerca vão querer saber de onde a prova para a minha reivindicação “absurda” decorre, vamos começar com a parte mais fácil: a avaliação superficial. Uma vez que ambos são retratados por Pattinson, eles obviamente tem aquela característica atraente neles, exceto que um deles parece que é realmente um membro dos vivos. Sim, claro, os vampiros são “sexys”, um fruto proibido, uma espécie de tabu, mas vamos falar a verdade. Dada a escolha na vida real entre um adorável jovem homem com bochechas coradas de coração corajoso e  um morto-vivo pálido, que brilha e tem aparência doentia, que parece ter uma maior afinidade com gloss labial do que você (oh, e quando ele fica nervosinho ele pode apenas tentar sugar seu sangue), quantos de vocês realmente escolheriam o Cullen? Na vida real? Seja honesto. (Mesmo que você esteja dizendo enfaticamente “Eu, eu, EU!” em sua cabeça agora, eu não acredito em você.)
Ok, talvez você goste do look gótico-doentio-brilhante. Tudo bem. Mas vamos falar sobre a dificuldade enorme de passar o tempo com um vampiro contra passar o tempo com um talentoso bruxo. Poderes especiais de vampiros: eles podem transformá-lo em um vampiro, eles são alérgicos à luz solar, eles vivem para sempre, alguns possuem a habilidade de ler mentes, eles não respiram, eles não podem comer comida humana e é mais difícil pra eles aderirem a dieta “vegetariana” do que um viciado largar a heroína. Agora, antes de chegar ao Cedric, vamos descompactar este pequena mala. Isso tudo significa que não haverá mais dias de praia para   passar bronzeador na areia, nunca mais. Não poderá mais  guardar segredos (mesmo que sejo o menor que for para si mesmo). Nada de jantares românticos, NUNCA MAIS.
Por outro lado, bruxos não são tão complicados. Quaal o seu talento especial? Eles podem fazer MÁGICA. É isso – sem outras complicações. Eles podem criar luz do nada. Eles podem enviar cartas que falam. Eles podem voar pelo ar em vassouras. Eles podem lutar com dragões. Eles dirigem carros voadores. Eles podem se defender com nada mais do que um pauzinho de madeira. E eles não têm que correr do sol ou lutar contra seus próprios instintos ou suportar durante toda a vida eterna os mesmos.
Finalmente, Cedric é apenas infinitamente mais irresistível. Ele é excepcionalmente bom. Em ‘Harry Potter e o Cálice de Fogo‘, enquanto o resto de Hogwarts está difamando Harry por ser escolhido como um campeão para o Torneio Tribruxo, Cedric se levanta por seu rival, pedindo a seus amigos para  não aterrorizar o jovem estudante. Ele ajuda Harry a decodificar uma pista para o torneio; ele defende Harry quando seu pai o acusa de má imprensa e, finalmente, quando ele e Harry, ambos, alcançam a taça do Torneio Tribruxo, ele insiste que Harry seja o vencedor como um agradecimento por tê-lo salvado duas vezes no labirinto. É claro, em cima de tudo isso, ele é um excelente aluno, primeiro de sua classe e amado por muitas mulheres. Basicamente, ele é uma gracinha certificável.
Edward, por outro lado, faz boas ações e protege sua amada, com certeza. Mas ele é como uma chocadeira de depressão. Ele fica acordado a noite toda ouvindo música indie, porque ele literalmente não consigue dormir. Ele dirige sua coleção de carros como um demônio da velocidade, que só é legal em filmes ‘Velozes e Furiosos’. Ele fala como se ainda estivesse preso em um século anterior e mantém as qualidades difíceis de outros personagens literários como Edward Rochester de Jane Eyre, que é romântico na teoria, mas não na prática. Edward tem auto-aversão, se vê como um monstro, e é incrivelmente teimoso. Claro, ele é um romântico no coração, mas você tem que passar por esse interior  rude, obscuro, emo para chegar lá. Não, obrigado.
Posso reconhecer que esta é uma questão de opinião (mas a minha é a correta) e se trata de uma certa distinção. Se você é do tipo de garota que prefere velhos filmes de James Dean ou velhos filmes de Paul Newman (bem, na verdade esse é um tipo de escolha difícil). Ou se você é a garota que curte caras em motocicletas e tatuagens (Olá, desgosto) ou a garota que namora caras legais com ambições e toneladas de amigos (ok, a maioria de nós temos ambos). Ou se você é a garota que lê livros de vampiros ou a menina que lê o melhor, a mais maravilhosa série, os mais mágicos livros escritos nos últimos 20 anos. Bem, desculpe-me Twi-hards, esse último é o argumento decisivo. Vou ter que dar esse presente aos fãs de Potter. 

4 comentários:

Miss Barnes disse...

CHUPA TWILOVERS, HA, concordo plenamente, e nem podem me julgar, pos eu tbm posso falar disso pois ja (ker dizer no passado ok)FUI FANÁTICA por Twilight e entendo tudo soobre akilo!
Mas isso não é sobre os livros e sim os personagens e a atuação do Rob Patz. Acho q até nakele filme "Remember Me" o Rob atuou melhor.

Livia =) disse...

Acho que o site Hollywood.com quis dizer uma verdade universal sem ofender muito, masss... é como nós Potterianos dizemos: Nós somos e sempre seremos os melhores!

Hugo Potter disse...

Completa idiotisse isso kkk' Por mais que o Robert não tenha sido o Edward Cullen perfeito, ele não foi o Cedrico perfeito não, e ele foi mil vezes menos pior como Edward kk' desculpem mais essa é a verdade... esse site concerteza foi pago por um Potteriano fanático... essa é a verdade (y)

Camila Winchester disse...

Concordo :)

Postar um comentário

 

Copyright © 2010 - 2011 Blog das Séries |